Alergia a esmalte, ninguém merece!

Você é fã de unhas coloridíssimas mas tem alergia aos componentes da fórmula dos vidrinhos mais comuns? Se você se priva muitas vezes de usar os esmaltes da moda por que tem alergia, foi pensando em você que desenvolvi esse post.

A alergia é um processo individual de cada organismo.  As pessoas não nascem alérgicas, mas podem desenvolver alergia ao longo da vida. O que explica porque, de repente, uma pessoa que sempre usou esmaltes a vida inteira e nunca apresentou nenhum sintoma pode, de uma hora pra outra, começar a apresentar os quadros e sintomas alérgicos na forma da dermatite ou eczema de contato.

Os sintomas são basicamente: lesões secas e descamativas, principalmente nas mãos e braços. Nas lesões mais graves notam-se bolhas, intensa vermelhidão, rachaduras na pele ou mesmo úlceras, dependendo do caso. Além disso, a pessoa se queixa de coceira, às vezes queimação, ou até mesmo dor nos locais afetados.

A alergia a esmalte de unhas – também chamada de dermatite de contato ou eczema de contato – ocorre devido à reação alérgica provocada pelos componentes presentes na formula do esmalte, como o formaleído e o tolueno. O tolueno é um solvente (barato) da fórmula tradicional de esmaltes. O formaldeído está presente na resina do esmalte. A função da resina é dar a aderência e a durabilidade ao produto. Além dessas duas substâncias a alergia pode ser provocada pela mica, um pigmento utilizado nos esmaltes cintilantes e perolados. Por isso é muito importante ler o rótulo do produto antes de usar.

Se você desconfia que possui esse problema, faça o teste de contato com seu médico, que aplicará uma fita nas suas costas contendo 35 substâncias, dentre elas, as presentes no esmalte. Depois de 48 horas já se pode conhecer os resultados. O tratamento para o problema é realizado por um médico especialista que prescreverá medicamentos para controlar as lesões.

A alergia não tem cura. Por isso, a solução é abandonar o esmalte comum e investir nos esmaltes hipoalergênicos. Cada vez mais as marcas nacionais estão investindo em linhas para as mulheres que têm alergia como: Impala, Risquè, Colorama (você sabia que a linha Colorama Fashion é hipoalergênica?), Hits, Êxtase (com seus esmaltes a base d´água) e muitos outros:

Esses esmaltes que são hipoalergênicos, possuem uma formulação livre dos principais conservantes que podem agredir e causar alergias como o tolueno, o formaldeído, o dibutilftalato e os parabenos.  Por isso preste bem atenção antes de passar esmalte nas suas unhas. Espero ter ajudado e ter dado opções para as pessoas que sofrem dessa alergia.

Bjão, Vivi *.*

Fonte e foto: Mão feita

Viviane Oliveira:
Avatar Vivi é estudante de turismo e colaboradora do Vida Cor de Rosa.
4 comentários Adicione o seu
  1. Eu tenho alergia. E fiquei feliz da vida quando descobri que os esmaltes da colorama estão sendo fabricados sem formaldeído e tolueno!
    O chato é que a durabilidade é péssima…mas melhor que nada!

    Beijos!

    [Reply]

  2. Meninas que sofrem de alergia, a partir de 2007 quando a L’oreal comprou a Colorama, para não passar por problemas com os órgãos internacionais parecidos com a nossa Anvisa, a Colorama teve que tirar de seus esmaltes 3 componentes: tolueno, formaldeído e dibutilftalato que são as substâncias que produzem alergia em vocês. Sendo assim, todos os esmaltes Colorama hoje são hipoalergênicos, já experimentaram? Abraço para vocês, obrigada pela oportunidade de me expressar, Ana Paula Rodrigues (showdeunhas.com)

    [Reply]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *